IML - Instituto dos Mares da Lusofonia

IML
Noticias
Capitanias dos portos on-line

dgam2

 No âmbito do cumprimento dos objetivos de modernização e racionalização da Administração Central, melhoria da qualidade dos serviços prestados e aproximação da Administração Central ao cidadão, preconizados pelo Programa de Reestruturação da Administração Central do Estado (PRACE), criado pela Resolução do Conselho de Ministros n.º 124/2005, e no sentido de flexibilizar, desburocratizar e aumentar a comunicação horizontal através do recurso a tecnologias de informação e comunicação, a Direcção-Geral da Autoridade Marítima disponibiliza agora ao público a aplicação CAPITANIA ON-LINE que estará acessível através do portal da Autoridade Marítima e da página da Internet da Marinha.

Esta ferramenta constitui uma mais-valia na aproximação dos serviços das Repartições Marítimas reduzindo a necessidade de deslocação dos utentes aos locais de atendimento. Inicialmente, esta nova funcionalidade permite efetuar a inscrição e alteração do rol de tripulação estando previsto, posteriormente, outras funcionalidades, designadamente pedidos de marcação de vistorias, pagamento de taxas através de transferência bancária, entre outras.

Aceda à Capitania On-line.

 https://caponline.marinha.pt/caponline/inicio.jsp

 

Continuar...
 
O III Congresso dos Mares da Lusofonia

iii congcartaz No Mar, o futuro das Nações Lusófonas ... foi este o mote para os diversos painéis deste Congresso, que contaram com a participação de muitas personalidades lusófonas, que vão desde a política, à economia, à segurança ou à investigação académica. Todos os países lusófonos são ligados pelo mesmo Mar, que primeiro foi ponto de encontro dos povos que hoje partilham a mesma língua e que agora pode ser a base para uma estratégia de cooperação conjunta. Com o motto ...."no Mar, o futuro das Nações Lusófonas", teve lugar nos dias 20 a 23 de Maio o III Congresso dos Mares da Lusofonia, uma iniciativa deste Instituto dos Mares da Lusofonia (IML) que pela primeira vez foi organizado fora de Portugal, mais precisamente no Rio de Janeiro - Brasil. Concretiza-se desta forma, a intenção de realizar os Congressos com caracter de rotatividade entre os diversos países da CPLP.

O Congresso contou com o patrocínio institucional do Secretariado Executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), da Câmara Municipal de Cascais e da APLOP e inseriu-se no programa do Ano de Portugal no Brasil. Os oradores presentes no Rio de Janeiro, designadamente o Prof. Dr. Adriano Moreira, o Almirante Vieira Matias, os Prof. Dr. Fausto Quadros e Braga da Cruz e o Prof. Engº António Sarmento são personalidades conhecidas dos mundos académico, empresarial e politíco, de algum modo ligadas ao Mar. 

Galeria de Imagens do III Congresso

 Com a realização deste Congresso pretendeu-se continuar um debate aberto e descomprometido, procurando reforçar o que une os países lusófonos e identificar possíveis novas áreas de colaboração e cooperação. É objectivo desta iniciativa, que surge em continuidade com as duas edições organizadas em 2008 (Lisboa)e 2010 (Cascais), promover um debate conjunto, que se desdobra em diversas facetas, designadamente nos âmbitos estratégico, jurídico, cultural, académico, de investigação cientifica, da segurança e da protecção marítimas e da economia e das actividades empresariais relacionadas com o Mar. 

Continuar...
 
NTM "Creoula" em campanha científica

uam creoula

  A Campanha EMEPC/M@rBis/Algarve  2013 efectua-se ao largo da costa algarvia e conta com cerca de oitenta e quatro participantes, sendo que, para além da equipa EMEPC, estão ainda envolvidos dezenas de investigadores e especialistas de diversas áreas, assim como estudantes de várias Universidades, Centros de Investigação e Laboratórios Associados, nacionais e internacionais.

Esta missão tem como principal objetivo a cartografia e caracterização de espécies e habitats marinhos da área envolvente da Costa Sul de Portugal Continental. Os dados recolhidos através de censos visuais, registo de imagem e amostragem serão carregados no sistema  M@rBis>, permitindo assim armazenar detalhes da biodiversidade existente nas áreas em estudo para posterior utilização pela comunidade científica. O  M@rBis> é um sistema de informação georeferenciada da biodiversidade marinha nacional, com vista a fornecer os dados necessários ao cumprimento dos compromissos nacionais relativos ao processo da União Europeia de extensão da Rede Natura 2000 ao meio marinho, nas águas sob jurisdição portuguesa. 

Continuar...
 
Afundamento deliberado da Fragata "H.Capelo"

fracapelo

  O dia 15 de Junho de 2013 foi o dia marcado para o afundamento deliberado da Fragata ex-NRP "CTE. HERMENIGILDO CAPELO". Dia de verdadeiro verão e com uma visibilidade perfeita. Passavam poucos minutos da uma da tarde quando o Mergulhador-Sapador da Armada João Manuel Pinto deu, através da rádio, a ordem para se inciarem as explosões que levariam, passados 2 minutos e 6 segundos, a que a fragata se afundasse na posição determinada para a sua futura missão,  assentando no fundo do mar, a 30 metros de profundidade, frente à praia do Alvor.

Com este afundamento deliberado o Parque Subaquático Ocean Revival passou a ser constituído por 3 navios da Armada Portuguesa, entretanto abatidos ao serviço efectivo, e esta fragata passou a fazer companhia à corveta  ex-NRP OLIVEIRA E CARMO e ao patrulha ex-NRP ZAMBEZE,  afundados no passado mês de Outubro.

 De referir a presença na cerimónia de vários oficiais de Marinha que fizeram parte das guarnições da fragata CTE. HERMENIGILDO CAPELO entre os quais três dos seus Comandantes, o último o C/Alm Casqueiro Sampaio, o V/Alm Brito e Abreu e o ex-Comandante mais antigo ainda vivo, o Cmg Mendes Quinto.

  Embora o Parque Subaquático ainda só tenha 8 meses de existência,   nele já foram efectuadas mais de 3.000 mergulhos.

  De assinalar que a fragata agora afundada levou montada na sua proa a peça de artilharia de 100mm o que será um motivo de acrescida curiosidade e interesse para os mergulhadores visitantes.

  Com o afundamento no próximo mês de Setembro do quarto  navio, o ex navio hidrográfico ex-NRP ALMEIDA CARVALHO, ficará o Parque completo. A certeza  existe já  que o projecto  será um êxito e muito contribuirá para a dinamização de uma importante vertente do turismo náutico. 

 

Continuar...
 
Confrarias Marítimas assinam protocolo
Terça, 11 Junho 2013 00:00

conf mar reduz    A “Confraria dos Velhos Marinheiros” do Rio de Janeiro, e a “Confraria Marítima de Portugal”, com sede em Cascais, assinaram recentemente um protocolo de amizade e colaboração.

 

 Considerando a existência de uma cultura marítima comum, fruto de uma lingua que une e de mais de três séculos de vivência e de  história conjunta, e do tradicional espirito de cooperação dos “homens do mar”, o V/Alm Alexandre da Fonseca, Presidente da Confraria Marítima de Portugal, e o Engº Carlos Branco, Vice-Presidente da Confraria dos Velhos Marinheiros, formalizaram no passado dia 24 de Maio de 2013, na cidade do Rio de Janeiro, os termos de colaboração acordados entre estas duas entidades. 

 

Continuar...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

APOIANTES do IV CONGRESSO - 2016