IML - Instituto dos Mares da Lusofonia

IML
Programa Avançado em Estudos do Mar - 4ª Edição

poster paem4edred

Programa Avançado em Estudos do Mar Edição 

"Governança e Gestão Estratégica do Oceano"
Início: 26 de Abril de 2018

Inscrições até 20 de Abril de 2018

Ver informações aqui

Horário das sessões: Pós-laboral, 5ªs e 6ªs das 18h30 às 22h

(excepcionalmente também ao Sábado das 9h30 às 13h)

 
Prémio "Mário Ruivo" - Gerações Oceânicas

Os Ministérios do Mar, Educação e Cultura do Governo de Portugal vão lançar o «Prémio Mário Ruivo – Gerações Oceânicas», com o objectivo de distinguir anualmente projectos que promovam em filme o conhecimento sobre o oceano junto das gerações mais novas e destinado aos estudantes do terceiro ciclo do ensino básico e secundário.

O prémio, no valor de 5 mil euros, a atribuir à Escola vencedora, tem carácter nacional, visa igualmente homenagear o oceanógrafo e político Mário Ruivo.

https://www.premiomarioruivo.pt/regulamento

Menções Honrosas

1. São atribuídas Menções Honrosas aos segundos e terceiros melhores projectos a concurso.

2. A cada Menção Honrosa corresponde um prémio de 1.500€.

3. O prémio das Menções Honrosas reverte para a escola(s) da(s) equipa(s) vencedora(s).

 
Direcção de Faróis de Portugal promove manutenção em S. Tomé e Príncipe

 No passado mês de Outubro, uma equipa da Direcção de Faróis de Portugal  iniciou uma Assessoria Técnica Temporária no âmbito da Cooperação Técnico-Militar com a República Democrática de S. Tomé e Príncipe (CTM-STP).

​Esta assessoria enquadra-se no Programa-Quadro para o triénio de 2015 a 2017, cujo objectivo global  se prende com o apoio à Guarda Costeira Santomense e ao serviço de Apoio à Navegação, balizando a sua acção na manutenção da rede de assinalamento marítimo de S. Tomé e Príncipe.

A equipa da Direcção de Faróis é composta por um Oficial Superior da Marinha e dois Faroleiros Técnicos.

A rede de assinalamento marítimo de S. Tomé e Príncipe é constituída por 17 faróis/farolins e 1 boia, dos quais 10 se encontram em S. Tomé e 8 no Príncipe. Esta rede tem cerca de 20 anos e foi projectada pela Direção de Faróis e implementada em colaboração com as Autoridades Santomenses, tendo vindo a sofrer acções de manutenção regular, consoante as necessidades.

Continuar...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>


APOIANTES do IV CONGRESSO - 2016

 

 

"...desenvolverá um conjunto de iniciativas e actividades - seminários e conferências relativas ao Mar e à Lusofonia..."


O Instituto dos Mares da Lusofonia tem por missão estimular e intensificar a forma como os Países Lusófonos se posicionam individualmente e interagem entre si nas questões relacionadas com os oceanos.

Esta iniciativa visa contribuir para o alargamento e para a disseminação dos conhecimentos científicos relativos ao uso dos espaços marítimos, bem como encontrar áreas comuns de cooperação, que potenciem o desenvolvimento das economias do mar nos diversos países de expressão portuguesa, procurando, desta forma, ir também ao encontro do espírito e objectivos definidos pela Comunidade de Países de Língua Portuguesa - CPLP.