IML - Instituto dos Mares da Lusofonia

IML
Cerimónia de flutuação do projecto C008, futuro NRP "Sines"

nrp sinesred

Um dos momentos mais importantes na vida de um navio é a cerimónia em que realmente a construção toca na água, a sua cerimónia de flutuação. O projecto C008, que num futuro próximo será baptizado com o nome de uma das cidades ribeirinhas, NRP “SINES”, foi apresentado a flutuar numa cerimónia que contou com a Banda da Armada.

Os estaleiros de Viana do Castelo, onde o navio está a ser construído, prepararam-se assim para receber um conjunto de entidades para que pudessem testemunhar o sucesso de um programa conduzido em consórcio “Westsea – EDISOFT” e que apresenta uma característica muito positiva na edificação de capacidades, pois  “o projecto encontra-se em tempo e dentro do orçamento”.               

Esta cerimónia foi também representativa pela importância que a edificação de capacidades representa para a Marinha Portuguesa, e não foi por isso alheio a presença das mais altas patentes da Armada. Mas foi também claro por parte da tutela que este projecto é transversal, e por isso foi interessante constatar a presença para além do Ministro da Defesa e do Secretário de Estado da Defesa, também da Ministra do Mar, que fez questão em estar presente e afirmar a importância destes meios na fiscalização dos espaços marítimos sob responsabilidade nacional, consequência da responsabilização acrescida que a extensão da Plataforma Continental traz para Portugal.

Continuar...
 
Miguel Marques apresentou Leme - Brasil e Leme-CPLP

leme miguelmarques

No passado dia 4 de Abril foram apresentados publicamente  por Miguel Marques, sócio da PwC, em S. Paulo, no Brasil, os documentos da PwC  “LEME – Brasil no Mundo” e “LEME – CPLP no Mundo”. Ambos os documentos foram elaborados pelo centro de excelência global de economia do mar da PwC, sedeado em Portugal. 

  A apresentação do “LEME – Brasil no Mundo” contou com a presença da Ministra do Mar de Portugal Engª. Ana Paula Vitorino e com uma Representação Oficial da Marinha do Brasil chefiada pelo Alm. Kuster, que partilharam experiências da economia do mar dos dois países. 

 O documento LEME apresentado conclui que: (i) no que respeita a transportes marítimos, embora o Brasil esteja localizado fora do maior corredor de navegação comercial, tem dimensão, carga de matérias-primas e frota em quantidade suficiente para potenciar os transportes marítimos, portos e logística; (ii)no que respeita à construção naval, em 2017, construiu 0,7% dos navios novos construídos no mundo; (iii)  no que respeita a energia está no “Top 10” mundial de energia  offshore (petróleo & gás); (iv) no que respeita à segurança, figura no “Top 25” das maiores marinhas de guerra do mundo; (v) no que respeita à fileira alimentar está no “Top 15” mundial na aquacultura de águas interiores e (vi) no que respeita ao turismo e desportos náuticos o potencial do Brasil é elevado e no ranking dos melhores atletas do mundo em desportos náuticos é normal encontrarem-se atletas do Brasil. 

   A apresentação do “LEME – CPLP no mundo” decorreu na exposição intermodal, na conferência organizada pela Associação dos Portos de Língua Oficial Portuguesa (APLOP). O documento LEME apresentado conclui que com uma área total de Zona Económica Exclusiva de cerca de 7,9 milhões de Km2, os países que formam a CPLP têm a quarta maior ZEE do mundo.

Continuar...
 
Homenagem às vitimas do acidente do NRP "ANTÓNIO ENES" em 1987

acidentecorveta1987red

 A  “Comissão de Homenagem” às vítimas da guarnição da Corveta N.R.P. "ANTÓNIO ENES", promoveu no passado dia 10 de Março na cidade da Horta, ilha do Faial, nos Açores - com o apoio da Marinha - a realização de uma homenagem às vítimas do acidente ocorrido 30 anos atrás, em 10 de Março de 1987. Naquele dia, com a guarnição em “postos de faina”  para executar a manobra de  atracação, ao aproximar-se do porto da Horta, o navio sofreu uma forte explosão à popa, na casa da máquina do leme, da qual resultaram seis mortos e onze feridos. O combustível para os motores de popa dos botes de borracha armazenado a ré, na casa da máquina do leme esteve na origem do acidente.

Seis mortos imediatos (2º Ten. Vicente Rosa, 1º mar Correia Marques, 1º mar Nascimento Raposo, 1º mar Matos Arruda, 2º grumete Marques Mendes e 2º grumete Almeida Castelhano), dois dos quais desaparecidos e vários feridos alguns dos quais amputados.

   

Continuar...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>


APOIANTES do IV CONGRESSO - 2016

 

 

"...desenvolverá um conjunto de iniciativas e actividades - seminários e conferências relativas ao Mar e à Lusofonia..."


O Instituto dos Mares da Lusofonia tem por missão estimular e intensificar a forma como os Países Lusófonos se posicionam individualmente e interagem entre si nas questões relacionadas com os oceanos.

Esta iniciativa visa contribuir para o alargamento e para a disseminação dos conhecimentos científicos relativos ao uso dos espaços marítimos, bem como encontrar áreas comuns de cooperação, que potenciem o desenvolvimento das economias do mar nos diversos países de expressão portuguesa, procurando, desta forma, ir também ao encontro do espírito e objectivos definidos pela Comunidade de Países de Língua Portuguesa - CPLP.