IML - Instituto dos Mares da Lusofonia

IML
Navio patrulha "Zaire" da Marinha portuguesa visita a Nigéria em cooperação no combate à pirataria

bordonrpzaireredO navio patrulha “Zaire” da Marinha Portuguesa, em missão na área de São Tomé e Príncipe visitou a Nigéria para participar, entre o dia 28 de Maio e 01 de Junho de 2018, no exercício internacional organizado pela Marinha da Nigéria "Eku-kugbe18", que tem como objectivo promover a cooperação e a interoperabilidade entre as marinhas e as Guardas-costeira dos países do Golfo da Guiné e nações amigas face, face ao acréscimo de actividades criminosas que têm vindo a acontecer nesta região, onde se destacam os actos de pirataria, tráfico de droga e pesca ilegal e abusiva dos recursos marinhos.

Este exercício, cujo nome, no dialeto da Nigéria, significa cooperação e trabalho de equipa, juntou ainda mais de 15 navios de várias Marinhas, desde a Nigéria, Camarões, Gana, Togo, França e China, tendo envolvido igualmente uma aeronave de asa fixa e dois helicópteros da Marinha Nigeriana

Entre os exercícios realizados, destaca-se a simulação de resgates de navio mercantes sequestrados por piratas e a apreensão de embarcações de pesca em atividade ilegal.

Durante o período de navegação, o navio português embarcou elementos da futura guarnição da Guarda-costeira Santomense, que aproveitaram para adquirir experiência e treino interno.

Existiu ainda oportunidade para o navio atracar no porto de Lagos na Nigéria, onde contou com a presença do Embaixador de Portugal na Nigéria e do Comandante Naval da Marinha Portuguesa. Posteriormente regressou às águas de São Tomé e Príncipe onde prossegue a sua missão de capacitação da Guarda-costeira Santomense.

Continuar...
 
Portugal treina a Guarda Costeira de São Tomé e Príncipe com apoio de navio francês

stom coopfranaredO Navio-patrulha “Zaire”, da Marinha Portuguesa, em missão de longa duração de capacitação da Guarda Costeira de São Tomé e Príncipe, realizou no dia 06 de Abril, uma acção conjunta de treino com o apoio do navio da Marinha Francesa, o navio "Premiere-maitre LHer", acção esta que se insere no curso de abordagem a navios suspeitos que tem vindo a ser ministrado à Guarda Costeira de São Tomé e Príncipe. Esta acção de formação tem sido ministrada pela equipa do Pelotão de Abordagem e também pelos militares da Unidade de Meios de Desembarque (UMD) dos Fuzileiros da Marinha portuguesa que se encontram em S. Tomé. 

Sob a coordenação e apoio dos militares portugueses, os militares de São Tomé e Príncipe tiveram oportunidade de treinar aproximações e abordagens ao navio francês.
O NRP Zaire e a sua guarnição, com uma equipa de Fuzileiros a bordo, largaram de Portugal em 03 de Janeiro de 2018, tendo chegado a São Tomé e Príncipe no dia 22 desse mês, onde têm desenvolvido diferentes ações no âmbito do compromisso de Portugal para a missão de capacitação da Guarda Costeira de São Tomé e Príncipe.

Continuar...
 
Marinha de Guerra Portuguesa coopera em Cabo Verde

coopmgp cvmar2018redA equipa médica da fragata da Marinha de Guerra Portuguesa “Álvares Cabral”, em missão na República de Cabo Verde no âmbito das relações bilaterais de Cooperação Técnico-militar, desenvolveu nos últimos dias várias acções de apoio às populações locais, através da realização de consultas médicas, doação de medicação e sensibilização para a prevenção de comportamentos de risco.

Foram efectuadas consultas de clínica geral na ilha de Santiago, no Centro de Saúde de Ponta de Água e no Centro de Saúde Achada de Santo António, tendo sido doado através do navio  português medicação e material diverso para a realização de curativos de primeira necessidade.

Durante o período de permanência do navio na ilha de S. Vicente, porto do Mindelo no dia 15 de Março, foram também efectuadas várias consultas de clínica geral no Centro de Saúde de Salamansa, durante as quais foi igualmente doada diversa medicação.

A equipa médica efectuou ainda várias visitas a populações desfavorecidas, visando a sensibilização dos habitantes locais para a prevenção de comportamentos de risco.

(Info via EMGFA)

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 Seguinte > Final >>


APOIANTES do IV CONGRESSO - 2016

 

 

"...desenvolverá um conjunto de iniciativas e actividades - seminários e conferências relativas ao Mar e à Lusofonia..."


O Instituto dos Mares da Lusofonia tem por missão estimular e intensificar a forma como os Países Lusófonos se posicionam individualmente e interagem entre si nas questões relacionadas com os oceanos.

Esta iniciativa visa contribuir para o alargamento e para a disseminação dos conhecimentos científicos relativos ao uso dos espaços marítimos, bem como encontrar áreas comuns de cooperação, que potenciem o desenvolvimento das economias do mar nos diversos países de expressão portuguesa, procurando, desta forma, ir também ao encontro do espírito e objectivos definidos pela Comunidade de Países de Língua Portuguesa - CPLP.