IML - Instituto dos Mares da Lusofonia

IML
II Grande Conferência do Jornal da Economia do Mar

logo joreconmar

  

II Grande Conferência do Jornal da Economia do Mar, "em exaltação de Portugal, do Mar e de todos os Portugueses com verdadeiro sal ainda a correr nas suas marítimas veias" a ocorrer nos dias 09 e 10 de Novembro de 2016. 

A entrada é livre mas sujeita, naturalmente, ao limite de capacidade do Auditório, pelo que a organização insta a uma inscrição o mais cedo possível, para evitar problemas de ultima hora, o que poderá ser feito aqui

Os Programas de ambos os dias desta Conferência poderão ser vistos aqui: 

Dia 9Dia 10.

 

 

 
Coimbra Business School aposta na Náutica de Recreio

cursocoimbrafot

  A Coimbra Business School, presidida pelo Prof. Doutor Manuel Castelo Branco contínua a apostar na formação relacionada com os “assuntos do mar”, procurando abrir a primeira edição do “Curso de Especialização: Gestão, Eficiência e Rentabilidade no Turismo, Lazer e Desportos Náuticos”.

 O objectivo do curso é valorizar a fileira do turismo, lazer e desportos náuticos e os participantes no curso, capacitando-os com conhecimentos gerais sobre as tendências da Fileira do Lazer Náutico que afectam a gestão, a eficiência e a rentabilidade de marinas, marítimo turísticas e cruzeiros, eventos, desportos náuticos e hotelaria costeira, entre outras actividades.

 

 

Continuar...
 
Curso livre sobre História Naval do Noroeste Português

solarcondesderesende

   Com início em 15 de Outubro de 2016, a Academia Eça de Queirós dá inicio, no Solar Condes de Resende, a um curso livre sobre História Naval do Noroeste Português, num total de 13 sessões que decorrerão ao ritmo de duas sessões por mês, aos Sábados à tarde, entre as 15 e as 17 horas, leccionadas por especialistas nas matérias a abordar

  O Solar Condes de Resende, equipamento cultural da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, por si ou em parceria, realiza cursos livres desde 1991 os quais, nos últimos anos, são certificados pelo Ministério da Educação através do Centro de Formação da Associação de Escolas de Gaia Nascente.

   Tendo em conta que a História Naval da região é pouco conhecida do público em geral, dos docentes e dos alunos dos vários graus de ensino, e que em 2019 se comemoram os 500 anos da primeira circum-navegação empreendida por Fernão de Magalhães, um navegador nascido nesta região, o Solar Condes de Resende e a Academia Eça de Queirós entenderam organizar este curso cujo público-alvo é composto por docentes dos diversos graus de ensino, alunos do ensino superior, profissionais de História, Arqueologia, Património, Sociologia, Comunicação Social e Turismo, bem assim como os interventores nas áreas da Construção Naval, Pesca, Marinharia, Atividades Subaquáticas, Transportes Marítimos e Museologia e, de um modo geral, o público que se interessa por assuntos relacionados com o mar, os portos e as viagens marítimas e fluviais e, em particular, àqueles que têm tradições familiares marinheiras. 

O coordenador do curso é o Dr. J. A. Gonçalves Guimarães. Os interessados podem inscrever-se, no curso completo ou em cada conferência, através dos tel 22 753 1385, t/m 96 819 3238 ou  e-mail   Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar . A todos os participantes será entregue no final um certificado de frequência e um CD com os textos elaborados pelos professores, relativos às  matérias dadas. 

Continuar...
 
<< Início < Anterior 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 Seguinte > Final >>


APOIANTES do IV CONGRESSO - 2016

 

 

"...desenvolverá um conjunto de iniciativas e actividades - seminários e conferências relativas ao Mar e à Lusofonia..."


O Instituto dos Mares da Lusofonia tem por missão estimular e intensificar a forma como os Países Lusófonos se posicionam individualmente e interagem entre si nas questões relacionadas com os oceanos.

Esta iniciativa visa contribuir para o alargamento e para a disseminação dos conhecimentos científicos relativos ao uso dos espaços marítimos, bem como encontrar áreas comuns de cooperação, que potenciem o desenvolvimento das economias do mar nos diversos países de expressão portuguesa, procurando, desta forma, ir também ao encontro do espírito e objectivos definidos pela Comunidade de Países de Língua Portuguesa - CPLP.